Gonçalo Terenas

Empresa:
Africa Cluster SA

País:
Senegal

Área:
Cidadania

 

Gonçalo Terenas preside o grupo Africa Cluster, um consórcio luso-africano multissectorial, com escritórios em Dakar, Dubai, Abidjan e Lisboa, através do qual detém o Gabinete de Expansão Económica de África Oeste que desenvolve as relações bilaterais entre o mercado português e as principais economias da região da União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA) – que abrange 8 países, Benim, Burkina Faso, Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali, Níger, Senegal e Togo.

Nascido em Lisboa em 1972, Gonçalo Terenas frequentou o curso de Direito pela Universidade Moderna, obteve formação no segmento de Fusões e Aquisições (M&A) e iniciou a sua vida empresarial no sector do mobiliário, tendo passado também pela área dos eventos, marketing&comunicação, consultoria financeira e trading internacional. Foi através do maior grupo de franchising europeu que se lançou em projectos internacionais, integrando os ‘Master Franchise da National Business Brokers’ de São Paulo e Montevideo, conquistando experiência e conhecimento no comércio e relações internacionais.

Instalou-se em Dakar em 2012 onde fundou o ‘Senegal Business Cluster’ que é hoje uma referência portuguesa na região e em 2015 o grupo ‘Africa Cluster’. Em 2016 lança o projecto da confraria do azeite português, uma iniciativa associativista que visa a promoção de produtos certificados e de qualidade referencial no sector agro-alimentar sob a égide do “made in Portugal”.

Nas relações institucionais que desenvolve assume destaque a presença por convite em iniciativas bilaterais em Portugal, no Senegal e Costa do Marfim, organizadas por diversas instituições como o Aicep, AIP, AEP, CCIP, APIX, MEDS, Câmara de Comércio e Indústria de Dakar, entre outras. Foi também responsável pela organização e co-organização de vários eventos corporativos no Senegal (Fidak 2013, Forum Fogeca, Sencon 2017, FIC – PT 2014) e em Portugal (Forum De Negócios Portugal – Senegal 2015 e 2016, Forum Económico Senegal e Guia De Investimento Mercados Uemoa).

É membro do Conselho da Diáspora Portuguesa desde Abril de 2017.

Voltar

Anal