Henrique Cymerman

Empresa:
Jornalista Médio Oriente

País:
Israel

Área:
Cidadania

 

Henrique Cymerman é jornalista, escritor, director, conferencista e professor universitário que trabalha como correspondente do Médio Oriente para diversos canais de televisão, tendo coberto os acontecimentos no Médio Oriente por mais de 25 anos, onde desenvolveu relações de confiança com os líderes políticos em Israel, no Médio Oriente e no mundo árabe, e servido de mediador único entre as nações envolvidas no conflito árabe-israelita.

Foi o autor da última entrevista realizada a Isaac Rabin, 24 horas antes do primeiro-ministro ter sido assassinado e já entrevistou outras personalidades importantes como, por exemplo, o Papa Franscisco em Junho de 2013. Dá também conferências por todo o Mundo e é também professor de Governo, Diplomacia e Estratégia na Universidade israelita IDC.

Entre 2005 e 2012, publicou o livro ‘Vozes do Centro do Mundo: O conflito árabe-israelita contado pelos seus protagonistas’, em seis idiomas, em que inclui entrevistas com personagens fundamentais na região, tais como Yasser Arafat; Shimon Peres; o líder do Hamas, Ahmed Yassin; Omar bin Laden, o filho de Osama bin Laden; Mahmoud Abbas e a última entrevista de Isaac Rabin. Foi ainda co-autor com Jorge Reis-Sá no livro ‘Francisco: de Roma a Jerusálem’, que narra a viagem do Papa Francisco à Terra Santa.

Licenciado na Universidade de Tel Aviv em Ciências Sociais, seguindo-se o Mestrado em Ciências Políticas e Sociologia, foi docente na mesma Universidade, onde aperfeiçoou o seu conhecimento de hebraico e árabe, até ter sido contratado em 1982 pelo jornal israelita Maariv para trabalhar como correspondente na Península Ibérica. É fluente em cinco idiomas: inglês, espanhol, português, francês e hebraico.

Henrique Cymerman recebeu inúmeras distinções: a máxima condecoração de Portugal, a de "Comendador da Ordem do Infante D. Henrique”; foi apelidado de “anjo da paz” pelo Papa Francisco; nomeado para o Prémio Nobel da Paz em 2015 (por ter tornado possível a oração pela paz no Vaticano); em 2009 recebeu o prémio Godó de Periodismo e em 2014 o prémio "Direitos Humanos da Advocacia" pelo Conselho Geral da Advocacia Espanhola e foi-lhe também atribuído o Prémio Daniel Pearl em 2012 pela Liga Antidifamação. Também em 2012, o rei Juan Carlos I concedeu a Cymerman a Ordem de Mérito Civil e desde 2008 que Cymerman tem uma mesa em sua honra na sala de estar da Academia Geral del Aire, a academia militar da força aérea espanhola. Foi vencedor do Prémio New York Festivals em 1997 na categoria de Programas Noticiosos de Televisão/Melhor Documentário pelo seu trabalho Um bombista suicida no quarto das crianças.

Henrique Cymerman é membro do Conselho da Diáspora Portuguesa desde Outubro de 2017.

Voltar