Ricardo Pereira

Empresa:
TV Globo

País:
Brasil

Área:
Cultura

 

Ricardo Pereira é actor e apresentador e divide a sua carreira entre a televisão, o teatro e o cinema.

Estreou-se como actor em 2000, na peça “Real Caçada ao Sol” de Peter Shaffer, sob a direcção de Carlos Avilez no Teatro Nacional D. Maria II. E em 2004 torna-se o primeiro protagonista não-brasileiro numa telenovela da Rede Globo em “Como uma Onda”, vivendo hoje no Rio de Janeiro com a sua família.

Desde 2008 que Ricardo Pereira apresenta “Episódio Especial”, um programa semanal na televisão portuguesa (SIC).

Destaca-se a sua interpretação em dois projetos vencedores de Emmy Internacional, na categoria de Melhor Telenovela: “Laços de Sangue” e “Jóia Rara”. No cinema, Ricardo estreou-se em 2001 com “Um Homem não é um Gato”, produzido pela SIC.

No seu percurso, salientam-se os filmes “O Milagre Segundo Salomé”; “O Crime do Padre Amaro”; “Viúva Rica Solteira Não Fica”; “Amália”; “Mistérios de Lisboa”; e no filme francês “Cadences Obstinée”.

Em 2010 foi embaixador do Ano Europeu do Combate Contra a Pobreza e Exclusão Social.

Em 2012 estreou-se como produtor, na peça de teatro “Um Sonho a Dois”, que também protagonizou. Em 2015 produziu, juntamente com a Fundação Luso-Brasileira, o evento “Portugal no Rio”, uma mostra de teatro, artes visuais e música que decorreu no teatro Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

Vencedor dos troféus “TV7 Dias” 2014 e prémio “aTV" para Melhor Actor Principal, pela sua interpretação em "Mar Salgado". Venceu também o prémio Talento 2015 atribuído pelo canal de televisão E! Entertainment.

Foi-lhe atribuída a menção honrosa da Cotec e Fundação Calouste Gulbenkian, Diáspora pelo Mundo, entregue pelo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.

É membro fundador da Academia Portuguesa de Cinema.

Voltar

Anal