Carlos Pone: África, região estratégica

África continua a ser uma região estratégica e promissora para a AECOM, segundo Carlos Pone, Director Executivo da empresa e Conselheiro de Portugal no Mundo.

Se, por um lado a perspectiva relativamente a este continente mantém-se positiva por outro, a empresa de entrega integrada de infraestruturas está a assegurar que tem a equipa e a especialização técnica necessária para permitir a capitalização de oportunidades de crescimento.

“Espera-se que o crescimento do continente [africano] continue em 2018. Isto baseia-se nas previsões do aumento dos preços dos produtos; melhores condições macroeconómicas; uma melhoria do ambiente de negócios; investimento em infraestruturas; e crescimento do investimento directo estrangeiro e comércio regional”, destaca Carlos Pone.

“Estamos nas primeiras etapas de consolidação da nossa estrutura em África. No entanto, acreditamos veementemente no desenvolvimento da oferta e na localização. Vemos esta questão alinhada de perto com o crescimento, aquisição, e transformação de objectivos de cada país, juntamente com a criação de emprego e desenvolvimento empresarial.

O objectivo de localização e desenvolvimento da oferta é o de fomentar a competitividade, a capacidade e as competências”. Na África do Sul, Carlos Pone salienta que a AECOM apoia a aquisição de bens e serviços em linha com os objectivos do governo para desenvolver e transformar os produtores locais.

“O nosso objectivo é apoiar a transformação da oferta local ao atrair fornecedores e iniciativas de desenvolvimento empresarial que apoiem a localização, enquanto fornecem ao mesmo tempo oportunidades significativas”.

 

Ler artigo completo AQUI.

 

 

Por Conselho da Diáspora Portuguesa, Março 2018

Voltar